Jornal Guia dos Imóveis em versão digital

Notas especiais

O eleitor também é culpado!
Vocês já perceberam quantas pessoas estão doentes à nossa volta. Alguém já pensou em contar quantos amigos já adoeceram nos últimos meses. Já imaginaram quantos parentes nossos estão indo a hospitais, pronto socorro, unidades de pronto atendimento. Nunca, na história deste país se viu tantas pessoas reclamando do mau atendimento neste ou naquele hospital. O problema não está somente nos hospitais públicos, está também nos particulares, nos convênios. As histórias são diversas. Elas vão desde um mau atendimento de uma recepcionista mal preparada, até a falta de remédios essenciais para os primeiros atendimentos. Não vamos aqui chover no "molhado". Vamos tentar passar para o amigo leitor que alguma coisa tem de ser feita e não podemos nem pensar em deixar para depois. São vidas que estão se perdendo pela falta de responsabilidade de uma meia dúzia de pessoas. Não precisamos aqui citar nomes, todos já sabem que os culpados são sempre os mesmos. Mas agora, um novo culpado pode ser responsabilizado: você eleitor. Você precisa fazer alguma coisa para mudar isso. Está certo que você é apenas um em um universo de mais de um milhão e trezentos mil pessoas, em Guarulhos, mas veja o caos que está aí à sua cara. Veja a porcaria que está a saúde em nossa cidade. Pare de reclamar, pense e faça alguma coisa. Eu não preciso te ensinar, afinal, somos todos bem grandinhos para decidir o que é melhor para a saúde de Guarulhos. Se você teimar em deixar os mesmos
Você sabe com quem está falando?
Durante muito tempo eu condenei esta frase, mas no fundo, bem no fundo, todo mundo já a usou em algum momento. Autoridades, filhos de autoridades não ficam constrangidos em falar estas palavras que, às vezes, ofende, desmoraliza, machuca quem fala e quem ouve. Mas, é muito delicado tratar as pessoas com igualdade. Muitas delas não merecem ser tratadas da mesma forma. Por isso que alguns funcionários crescem na empresa enquanto outros não saem da mesmice. O patrão, antes de dizer não a um funcionário, passa um filme em sua cabeça sobre o contratado e, dependendo de seu currículo, a resposta vai ser um não bem grande. Isso também é uma forma em dizer "Você sabe com quem está falando?". O patrão já o identificou e o dispensa com a cabeça tranquila. Da mesma forma um excelente funcionário precisa de alguma coisa além do que já é oferecido. Após uma análise rápida, o empregador cede e atende seu pedido.
Em outra ocasião, após uma reunião aqui no jornal, ficou determinado que os classificados fossem impreterivelmente feitos com pagamentos à vista. Todos concordaram com a regra interna. Após 10 minutos entrou um excelente cliente, amigo da casa e que tem uma ótima reputação. Neste dia, ele veio dizendo que não teria o dinheiro para sanar os anúncios que gostaria de fazer. Enquanto um funcionário olhava para o outro, já pesando em algumas palavras para dizer, tivemos que pensar na frase outra vez: "Vocês sabem com quem estão falando". Pois é, nã
Entidades repudiam Rede Globo
Já não é de hoje que a Rede Globo de Televisão vem dando um tapa na cara da sociedade brasileira com cenas nada construtivas de suas novelas. Não que eu seja moralista, nem tanto conservador, mas todos estão se esbarrando nos exageros. Não se respeita horário como antigamente. As cenas picantes passavam após as 22 horas. Alguém se lembra de uma sequer cena picante da novela "O Bem Amado", e olha que ela passava após as 22 horas. "Que Rei Sou Eu". Eram folhetins que tinham outros objetivos, não seguravam ninguém pelo gratuito apelo sexual. Nem eram necessárias as cenas de nudismo. Cada um tirava suas conclusões. Hoje, que a audiência está caindo dia após dia, os autores estão apelando para tudo.
Outro dia, a novela "Verdades Secretas" levou ao ar uma corretora de imóveis que disse claramente que gostava de sexo ocasional, sem o conhecimento do marido, que o seu trabalho permitia, que tinha inúmeras facilidades. Joaquim Ribeiro, presidente da Federação Nacional dos Corretores de Imóveis (Fenaci) encaminhou à Rede Globo de Televisão nota onde manifesta a indignação de todos os dirigentes de sindicatos de corretores de imóveis a ela filiados e em especial das mulheres que exercem a profissão, por conta da cena da novela levada ao ar na noite de três de julho.
Na infeliz cena, a atriz que faz o papel de corretora, depois da negativa do cliente ao seu assédio, com a justificativa de que é casado, pergunta: "Você sabe por que eu gosto de ser corre
Página 1

Publicidade

Jornal Guia dos Imóveis e Construção
R Arminda de Lima, 274 - V Progresso - Guarulhos - SP - CEP 07095-010
Telefones: (11) 2463-2779 ou 2087-0410 - E-mail: guiadosimoveis@uol.com.br
Encontre uma grande variedade de imóveis em www.imoveisemexposicao.com.br