Jornal Guia dos Imóveis em versão digital

Notas especiais

Superando os limites
Superar os limites é desafiar os seus próprios. Acredito que todo mundo já passou por isso na vida. O dia a dia é desafiador. O mundo, as pessoas estão muito mais esclarecidas. Quantas e quantas vezes nós já nos deparamos com situações em que duvidamos de nós mesmos. Achamos que não vamos conseguir. Existem muitos exemplos no esporte brasileiro. Ronaldo "Fenômeno" é um desses exemplos. Em sua carreira o jogador sofreu com graves lesões no joelho, em 1996, 1999, 2000 e 2008. Em 2000, precisou de uma longa recuperação de 15 meses, mas voltou em grande estilo na Copa de 2002 e foi peça fundamental da Seleção Brasileira pentacampeã. Após alguns anos parado, ele está treinando para voltar a jogar pelo clube que é sócio nos EUA.
Constantemente vemos casos e mais casos de pessoas que se superaram. As pessoas sábias dizem que é só acreditar em Deus e em si próprio. Por que o seu vizinho pode e você não? Não é uma questão de capacidade é só querer, acreditar, ter fé, esperança. Tudo isso junto quer dizer a mesma coisa, que é superar. Existem alguns fatores que ajudam, mas a sua fé remove montanhas, é verdade. Família, amigos, sorte também levam ao sucesso, mas nunca se esqueça: você precisa acreditar em si. Quer vender, você consegue. Tive exemplos maravilhosos esses dias, é uma pena que não posso citá-los, mas proprietários de imobiliárias estão contentes com a sorte. Sorte ou perseverança de seu corretor. Após perseverar e vencer, não esqueça de comemorar com seus entes queridos e
Água, meu Deus!
Longe de mim culpar Deus pela falta de água. Se existe um ou vários culpados, vamos relatá-los. Os piadistas de plantão dizem que São Pedro está de sacanagem com o Brasil, mandando chuva onde não precisa de muita água. Amazonas, por exemplo, na região Norte. Outros dizem que é a falta de investimentos dos governos Federal, Estadual e Municipal. Tem lógica. O Governo Federal está conseguindo matar até o Rio São Francisco. Aquelas histórias de desviar o rio com sua irrigação, para beneficiar parte da população na região do Nordeste não deram em nada. Aliás, o Governo Dilma Roussef não está continuando algumas obras do Governo Lula, caso do Rio São Francisco que serviria para resolver o problema de muitas lavouras no Nordeste. A ferrovia que cortaria o Estado do Maranhão também não foi para frente. Ela iria beneficiar uma região inteira do país transportando muita coisa.
O Governo Estadual continua teimando que não há crise e, tampouco, falta de água no Estado de São Paulo. Será que ele está governando outro Estado e nós não sabemos. Nos últimos dias têm chovido e o nível das represas tem subido, mas é tão pouco que não podemos comemorar ainda. É preciso chover no Sul/Oeste de Minas Gerais e no Norte de São Paulo para que as represas voltem ao estado normal e o problema da falta de água acabe. Os investimentos precisam ser feitos. Não adianta os políticos virem em tempos de campanha e enganar o povo, falando que vão investir nisso ou naquilo. É preciso colocar a mão na massa. S
Ufa! Janeiro acabou.
Se existe um mês difícil para se fazer jornal é janeiro. Muita gente está preocupada com o que gastou em dezembro, com escola das crianças, IPVA e outros impostos que se pagam em janeiro. Muitos comerciantes não investem ou pouco fazem em publicidade. Suas produções caem, os clientes somem e eles culpam o governo. Conversei com Jeferson Kraus, Sandro Cardoso, Jean, da Imobiliária Guarulhos, com Emerson da Fofão Imóveis, com o Marmo, da Ellu's Imóveis, e com Paulo Pereira. Todos estão com clientes e não encontram um imóvel para certo investidor.
Claro que não existem tantos compradores como 2011/12, o auge do mercado imobiliário no município. Mas, eles estão por aí e não ficam de imobiliária em imobiliária procurando imóveis. Eles são empresários e precisam ser procurados por corretores com boas oportunidades na carteira. O empresário de hoje não tem tempo para procurar. O corretor que é inteligente vai atrás dos compradores onde eles estiverem. Essa história de começar a trabalhar após o Carnaval é história para boi dormir. Quem começa a trabalhar depois do Carnaval é porque está com o burro na sombra.
O Jornal Guia dos Imóveis está aqui para ajudar os corretores a encontrar esses investidores. Estamos constantemente procurando colocar o jornal em bairros que têm potencial de compra. Levamos para todas as bancas de jornal da cidade para facilitar aos empresários a encontrar o jornal na banca mais próxima de sua residência. Estamos também fazendo a distribuição em apenas se
Página 1

Publicidade

Jornal Guia dos Imóveis e Construção
R Arminda de Lima, 274 - V Progresso - Guarulhos - SP - CEP 07095-010
Telefones: (11) 2463-2779 ou 2087-0410 - E-mail: guiadosimoveis@uol.com.br
Encontre uma grande variedade de imóveis em www.imoveisemexposicao.com.br