Jornal Guia dos Imóveis em versão digital

Notas especiais

Pode contar com a gente

Dia 16 tem mais um panelaço. Para quem não sabe, coisas importantes vão ser decididas após o sucesso ou fracasso deste ato. Não vou aqui optar para que dê certo ou não. O que aconteceria se a presidente Dilma Rousseff e seu vice Michel Temer renunciassem? Deveria ter novas eleições. E, aí? Quem ganharia em uma possível nova corrida ao Palácio? Por enquanto os candidatos são muitos: Serra, Alckimim, Aécio, Lula, Marina, entre outros. Todos seriam candidatos e os três últimos com mais chances de sucesso. Vamos aguardar.
A crise no Brasil está instalada. Os empresários do mundo inteiro estão com medo de investir no país pela insegurança política. Por outro lado, os empresários inteligentes estão à procura de "molezinhas" para investimento, isto é, todos estão à procura de imóveis com preços abaixo do mercado para fazer investimentos, porque sabem que quem comprar agora vai poder vender melhor no futuro bem próximo. Há coerência. Conversei com vários proprietários de imobiliárias e todos estão vendendo menos, mas estão vendendo. O corretor Claudio da Cist Imóveis disse: "O bom trabalho supera tudo, inclusive a crise". A Débora Leal, da Imobiliária Marcel Imóveis, proibiu todos em falar de crise e sim em trabalho, estratégia e criatividade. O Jeferson Kraus, da imobiliária com o mesmo nome, disse que está vendendo todos os meses para clientes de sua própria carteira, ou agenda. O Décio Cardoso, da HP Imóveis, ressaltou o bom trabalho de sua equipe: "Nos
Pode contar com a gente
Dia 16 tem mais um panelaço. Para quem não sabe, coisas importantes vão ser decididas após o sucesso ou fracasso deste ato. Não vou aqui optar para que dê certo ou não. O que aconteceria se a presidente Dilma Rousseff e seu vice Michel Temer renunciassem? Deveria ter novas eleições. E, aí? Quem ganharia em uma possível nova corrida ao Palácio? Por enquanto os candidatos são muitos: Serra, Alckimim, Aécio, Lula, Marina, entre outros. Todos seriam candidatos e os três últimos com mais chances de sucesso. Vamos aguardar.
A crise no Brasil está instalada. Os empresários do mundo inteiro estão com medo de investir no país pela insegurança política. Por outro lado, os empresários inteligentes estão à procura de "molezinhas" para investimento, isto é, todos estão à procura de imóveis com preços abaixo do mercado para fazer investimentos, porque sabem que quem comprar agora vai poder vender melhor no futuro bem próximo. Há coerência. Conversei com vários proprietários de imobiliárias e todos estão vendendo menos, mas estão vendendo. O corretor Claudio da Cist Imóveis disse: "O bom trabalho supera tudo, inclusive a crise". A Débora Leal, da Imobiliária Marcel Imóveis, proibiu todos em falar de crise e sim em trabalho, estratégia e criatividade. O Jeferson Kraus, da imobiliária com o mesmo nome, disse que está vendendo todos os meses para clientes de sua própria carteira, ou agenda. O Décio Cardoso, da HP Imóveis, ressaltou o bom trabalho de sua equipe: "Nos
Que ano atípico!

Quanta confusão que faz uma economia ruim, desenfreada, cheia de dúvidas, desconfianças, de falta de credibilidade. Hoje em dia ninguém mais é bobo. Todos estão vendo que o país precisa de atitudes que tentem mudar o jogo, que faça não só as empresas estrangeiras, mas os brasileiros em geral a acreditar que é possível sair desta crise ainda este ano.
Em nível nacional, se não são nossos governantes, quem poderá tirar o país desta lama? Mais uma vez o ex-ministro Zé Dirceu (PT) foi preso para prestar esclarecimentos por suposto envolvimento em operações da Lava Jato. É difícil acreditar que ele vá ficar preso (se for condenado), porque ele já se safou uma vez. Claro que ele estava preso por alguns meses, mas que o homem tem advogados de deixar boquiaberto todo mundo, tem. Ele e mais alguns foram presos e tiveram muita mordomia, tanto em domicílio, quanto na cadeia em Brasília. Até que ponto valeu a pena ser exposto assim, inclusive na mídia internacional? Seus familiares passam por situações vergonhosas todos os dias.
Enquanto a situação não se resolve, cada Estado, cada empresa e cada cidadão brasileiro, tomam as suas providências para minimizar a crise. Estive conversando com vários corretores de imóveis e muitos deles não estão reclamando porque continuam vendendo. Eles se anteciparam com seus planejamentos e estão buscando o comprador. Este é um excelente momento para comprar. Se existem muitos imóveis à venda, temos de aplicar a lei da oferta e
Página 1

Publicidade

Jornal Guia dos Imóveis e Construção
R Arminda de Lima, 274 - V Progresso - Guarulhos - SP - CEP 07095-010
Telefones: (11) 2463-2779 ou 2087-0410 - E-mail: guiadosimoveis@uol.com.br
Encontre uma grande variedade de imóveis em www.imoveisemexposicao.com.br