Jornal Guia dos Imóveis em versão digital

Notas especiais

Vc decide se fica perto ou longe do lixo
Corretor de Imóveis é uma profissão difícil de lidar. Basta uma crise assolar o país e todos começam a querer a vender imóveis. Parece fácil, mas não é. Existem sim muitos Corretores de Imóveis que são justos, que não enganam proprietários, compradores e nem parceiros de profissão. Eu sou uma testemunha viva. Claro, só faço negócios com quem tem caráter, é ético e não tem o nome sujo entre os próprios parceiros de guerra. Já vendi ou aluguei imóveis com muita gente boa e posso citá-los sem medo de estar enganado, como exemplo o Douglas Diniz, ele trabalha para os dois lados tentando chegar a um consenso entre comprador e vendedor. Fico feliz em citar que fiz negócios também com a Sueli, Joel da Secil, Pedro Lago, Airton, Damião Moura, com o Valdir do Lavras, com o Carlos Jones, Mário da Conceito, com o Assis, Jeniffer, Igor, Paulo Pereira e com o Edval, da Código Imóveis. E tem mais... são pessoas do bem, por isso estão no mercado alugando e vendendo, enquanto os "picaretas", estão perdidos falando mau dos políticos, da televisão, da economia. Ainda existem dezenas de corretores que eu não fiz negócio que são gente boa, que apenas não tivemos oportunidade de realizar um bom negócio. Todos esses corretores têm índole e gostam de dinheiro como todo mundo, mas, não tentam levar vantagem para si. Tenho prazer em fazer negócios com essas pessoas e cada dia que passa, estou me rodeando de corretores do bem e deixando os maus profissionais de lado.
Se você foi enganado por um corretor, ligue para o Creci, denuncie, o Creci tem a obrigação de investigar, de ouvir ambas as partes para tirar da profissão os pseu doscorretores. Você leitor, tem o dever de pedir para o intermediador mostrar a carteirinha do Creci e, de preferência, anote o número dele. Assim, você terá onde reclamar, caso tenha algum problema. Se cada dia os corretores do bem tirarem fora de seu rool de parceiros os pseudocorretores, eles vão se enforcar com a própria corda, com seu próprio veneno.

*Claudio Donegati é Jornalista MTB: 20640 e Corretor de Imóveis CreciSP: 92.464-F
Conversa com Deus
Só mesmo Deus para melhorar o mundo. Tenho dó dos ateus. Eles não sabem o que fazem, o que dizem, são pessoas que não se apegam a nada. Por muitas vezes já estive desamparado, desacreditado e a ajuda veio não sei de onde. Sei que veio após uma oração, uma reflexão, um pedido. Conheço muito poucas pessoas que não acreditam em Deus. Independente de religião, a grande maioria acredita que tem um ser superior que olha e ajuda os mais necessitados.
E quando duas pessoas são fiéis a Deus e elas tem opiniões contrárias. O que fazer o que Deus faz nessa hora? Acredito que ele tenha solução para tudo. A pandemia está aí, matando a "torno e a direito". Algumas pessoas pedem a Cloroquina e invermectina. Outras não, falam que é prejudicial. Tem gente que quer que todos fiquem em casa, outros afirmam que sair para as ruas com segurança, tomando os devidos cuidados, sem participar de aglomerações é o correto. Falam também que o tratamento precoce é o ideal, mas, tem muita gente dizendo que não se pode fazer o tal tratamento precoce. Acho que algumas coisas Deus, Jesus Cristo deixa acontecer para ver até onde vai. Até onde o ser humano chega.
Em tudo isso, cada um tem seu próprio interesse. Não é possível fazer tanta coisa ruim e não pagar nada por isso, ficar impune.
Os moradores de Israel e da Palestina não se entendem há anos... O governo Venezuelano e a população também não. Os políticos brasileiros também se acham impunes. Já foram presos mais de 100 pessoas e eles continuam tentando roubar alguma coisa que querem levar "vantagem" acham que Deus não está vendo.
Quem somos nós pobres mortais para julgar a Deus. Será que essa pandemia veio para fazer com que os seres humanos caiam na real e sejam mais humanos, deixando as coisas materiais de lado. Se vamos pagar por todos os atos ruins que fizemos, que seja nesta vida, que seja aqui e agora. Vamos para o reino dos céus limpos.
Malditos sejam aqueles que se aproveitam dos mais fracos, sem dó, sem perdão. Malditos sejam os que só pensam em se beneficiar, prejudicando o ser humano alheio. Malditos sejam os que se apoderam de algo que não é seu e usufruem pensando no mérito do êxito do roubo. Malditos aproveitadores. Que Deus me perdoe por escrever essas palavras ruins.

Claudio Donegati é Jornalista e Corretor de Imóveis.
Página 1

Publicidade

Jornal Guia dos Imóveis e Construção
R Waldemar de Carvalho, 80 - Vila Augusta - Guarulhos - SP - CEP 07022-190
Telefones: (11) 2447-0627 - 9.4738-5051 (WhatsApp) - E-mail: guiadosimoveis@uol.com.br
Encontre uma grande variedade de imóveis em www.imoveisemexposicao.com.br